AvaliaçõesNotícias

Chevrolet SUV Trailblazer encara o teste realizado pelo Torque Máximo

Sem ruídos, a grandona da GM melhora na aparência e traz motorização mais eficiente

Trailblazer 1000 (6)

O novo Chevrolet Trailblazer foi anunciado com novidades no mercado brasileiro, sobretudo no conjunto mecânico. Assim como a picape S10, o SUV médio agora oferece melhorias na motorização turbodiesel, com foco na redução do consumo de combustível e na diminuição dos níveis de vibração e ruído, considerados desvantagens presentes na versão anterior.

O novo modelo já pode ser encontrado nas concessionárias por R$ 173.990 para a configuração a gasolina e de R$ 205.990 para a turbodiesel. Ambas vêm com padrão de acabamento LTZ, topo de linha, e transmissão automática de seis velocidades. São seis opções de cores para a carroceria: Vermelho Edible Berries, Preto Ouro Negro, Cinza Graphite, Branco Summit, Prata Switchblade e Vermelho Chili.

Trailblazer 1 (7)

Visualmente, as mudanças perceptíveis do lado externo são poucas. O robusto 4×4, grande por fora e espaçoso por dentro, tem 4,89 metros de comprimento, 10 cm a mais que a Toyota SW4, que continua sendo considerada sua principal concorrente. Como na S10, o novo posicionamento do logotipo com o nome do veículo, passa a ser exibido na parte inferior das portas dianteiras e também no lado esquerdo da tampa do porta-malas, como está sendo feito em toda a linha Chevrolet 2018.

As mudanças na mecânica, no entanto, são bem mais evidentes. O motor 2.8 turbodiesel traz o sistema CPA (Centrifugal Pendulum Absorber), que otimiza o acoplamento da transmissão em rotações mais baixas, dá a sensação de melhor aceleração, retomada de velocidade e menor consumo de combustível. Isso acontece pelo fato de o veículo responder mais prontamente aos comandos do pedal do acelerador.

Trailblazer 1 (2)

Além disso, tanto o propulsor como a transmissão automática de seis marchas agora contam com uma nova calibração. Há também um novo sistema de gerenciamento elétrico. A unidade a diesel rende 200 cv de potência e 51 kgfm de torque. Em relação a performance, a Trailblazer turbo diesel 2018 acelera de 0 a 100 km/h em 10,4 segundos (0,2s mais rápido que o anterior), enquanto a velocidade máxima é de 180 km/h.

Segundo a marca, o SUV Trailblazer 2018 oferece uma melhora de 15% na eficiência energética. O Trailblazer passa a contar com uma autonomia de aproximadamente 800 km com um tanque cheio de combustível (no caso, de 76 litros). Isso representa um aumento de 106 km em relação à linha 2017 do utilitário esportivo, na versão turbodiesel.

turbo

Para se adaptar aos novos tempos, o grandalhão ficou mais seguro com alerta de colisão, aviso de mudança involuntária de faixa, sensor de estacionamento dianteiro, alerta de ponto cego, monitoramento de pressão dos pneus e câmera de ré com alerta de tráfego cruzado. Independentemente da motorização escolhida, o Trailblazer traz de série central multimídia MyLink (compatível com Android Auto e Apple CarPlay).

O carro para sete passageiros, possui ainda alerta de desvio de faixa, alerta de colisão frontal e detectores de ponto cego e tráfego traseiro cruzado, além de airbags frontais, laterais e de cortina, mais ganchos Isofix para a fixação de cadeirinhas infantis.

Trailblazer 1 (1)

Em uma volta rápida, o Trailblazer 2.8 mostrou uma melhora significativa nos níveis de vibrações, ficando muito próximo do encontrado na versão V6 a gasolina, de 277 cv. Isso se reflete em maior conforto e melhores respostas do acelerador com a nova programação do motor e câmbio. O engrenamento das marchas também está mais rápido. Com isso, a sensação de resposta demorada ao comando do acelerador significativamente reduzida. Foram essas as impressões que obtivemos da grandona da GM durante o test drive com o modelo ao longo de uma semana. (Fotos: Google).

Trailblazer 1 (5)

Compartilhar:
Do NOT follow this link or you will be banned from the site!