Notícias

Depois da F-150 Raptor, agora é a vez da Ranger chegar ao mercado chinês

Ford enxerga crescimento do mercado chinês para vender mais picape Ranger

Ford_RangerChina-2Um negócio da China. Depois de abrir o mercado chinês com a versão off-road da F-150 Raptor, onde já, está sendo comercializada, chega a vez da  Ranger.  chega àquele mercado asiático em 2018. A Ford anunciou o lançamento da sua picape naquele mercado asiático para o próximo  ano. As  picapes representam hoje menos de 2% do mercado chinês, mas o país já é o quarto maior consumidor desses veículos no mundo, com crescimento de 14% no último ano.

A Ranger chega na China com um forte retrospecto. Além da forte tradição na América do Sul, é a picape média mais vendida na Europa, na África do Sul e na Nova Zelândia, e a segunda mais vendida globalmente fora da América do Norte. Desde o seu lançamento, ela criou uma nova referência na categoria, combinando desempenho, robustez e tecnologia avançada. O design moderno e o interior confortável favorecem seu uso tanto no trabalho como na rodagem diária e viagens de aventura.

“Estamos empolgados em trazer a nossa linha de picapes Ford Raça Forte, uma das grifes mais queridas e bem-sucedidas do planeta, para os consumidores do maior mercado automotivo do mundo”, disse Mark Fields, presidente mundial da Ford. “Vemos uma grande oportunidade de atender os compradores chineses que buscam picapes com maior capacidade, refinamento e estilo”.Ford_RangerChina-1

Para entender melhor as atitudes, desejos e necessidades dos chineses em relação às picapes, a Ford acaba de realizar uma extensa pesquisa de mercado. Nela, os consumidores locais afirmaram que, tradicionalmente, veem as picapes como veículos sem conforto e recursos modernos. No entanto, conhecendo as picapes modernas por meio da TV, filmes e internet, ficaram mais interessados nesses veículos, que hoje oferecem um nível de conforto e refinamento próximo dos SUVs.

A redução das restrições ao uso de picape nos centros urbanos da China é outro fator que está aumentando o interesse por esses veículos no país. “Vemos a oportunidade de satisfazer uma necessidade atualmente não atendida na China, com picapes de classe mundial, refinadas e com estilo – e também de sermos pioneiros nesse crescente segmento”, diz Dave Schoch, presidente da Ford Ásia Pacifico e da Ford China. “

 

Compartilhar:
Do NOT follow this link or you will be banned from the site!